6613cb02-fd5a-4fc6-b930-0b146667a945iltr

HÉRNIAS ABDOMINAIS

 

1- Hérnia umbilical: 

                             É um defeito que ocorre na região da cicatriz umbilical,

que permite a  passagem de conteúdo intra-abdominal, como por exemplo,

alças intestinais  através dessa falha. Esse defeito pode ser congênito ou adquirido,

devido a esforços, gestação ou obesidade.

                            Ela pode ser assintomática, principalmente nas fases iniciais.

No início, o principal sintoma é dor local ao toque ou quando é feito algum esforço.

Ao longo do tempo, surge um abaulamento. Se a hérnia for dignosticada ainda no início

é possível reduzir o conteúdo herniário, retornando-o para seu local natural.

Mas se esse conteúdo estiver muito volumoso e com um anel herniário estreito,

a hérnia umbilical pode se tornar irredutível, esta situação é perigosa, pois pode

acontecer o  estrangulamento herniário, o que necessita de uma cirurgia de urgencia.  

O tratamento para hérnia  umbilical é realizado através de cirurgia, com correção

do defeito através de sutura. nas hérnias muito grandes ou recidivadas pode haver

necessidade de colocação de tela (prótese, para maior sustentação).

O paciente deve evitar esforços no período pós-operatório

para redizir a chance de retorno da hénia.

Dra. Ana Carolina Buffara Blitzkow

Cirurgia Geral / Cirurgia do Ap. Digestivo

CRM 23236 - PR / RQE 16422 / RQE 1316